Textos - O cão e o prego


O CÃO E O PREGO

Um homem estava dirigindo há horas em um deserto. Avistando um posto de gasolina, parou.

Era um estabelecimento simples, com apenas uma bomba de gasolina, sentado numa cadeira de balanço estava um senhor de aproximadamente uns 70 anos de idade, ao lado dele um cão.

O homem desceu do carro se aproximou e disse:

- Bom tarde Senhor, por favor, encha o tanque para mim.

O senhor levantou e começou a encher o tanque.

Enquanto isso, o homem observou que o cão uivava de dor. O motorista agoniado com o fato, perguntou:

- Esse cachorro é do senhor?

- Sim, é meu.

- Então me responda por que ele chora tanto?

- Sabe o que é? É que ele está sentado encima de um prego.

O homem olhou mais atentamente e viu que o cão não estava amarrado e perguntou:

- Mas... então... por ele não levanta e sai dali? 

- Sabe o que é? Num tá doendo tanto assim... 
letir:
A dor do cão era suficiente para ele se queixar, mas não o suficiente para ele se mexer... 

A estória poderia ser engraçada, se também não fosse trágica. Quantos de nós continuamos sentados, parados, acomodados, somente reclamando, chorando, mas sem fazer absolutamente nada? Será que o nosso prego não está doendo o suficiente?

(Autoria desconhecida)